Blog NPI Brasil

Tudo sobre TI

Categoria: Office (Page 1 of 44)

dedicatória nas normas ABNT

Como formatar dedicatória nas normas ABNT

A dedicatória nas normas ABNT é um momento importante do trabalho onde o autor do trabalho faz uma homenagem a pessoas que foram importantes em toda a sua caminhada de faculdade e na conclusão do seu trabalho. Assim como todo o trabalho a dedicatórioa deve seguir as normas ABNT, nesse artigo demonstraremos como formatar dedicatória nas normas ABNT.

Na folha de dedicatória não se utiliza título e a dedicatória fica na sequência da Folha de Aprovação. É importante apenas enfatizar que essa regra não é padrão para todas as instituições, então é importante verificar junto a sua instituição se é necessário ou não.

A Dedicatória não é obrigatória, mas é difícil encontrar qualquer autor de trabalho que não queira expressar a sua gratidão as pessoas que contribuíram para a criação e sucesso do trabalho, pois um grande esforço de construção, pesquisa e principalmente orientação one muitas pessoas acabam participando desse processo.

Veja a seguir um exemplo de dedicatória.


Veremos agora passo a passo como formatar dedicatória nas normas ABNT.

Como formatar dedicatória nas normas ABNT.

Passo 1: Pressione Enter várias vezes até chegar ao final da página, digite a sua dedicatória normalmente.

Passo 2: Selecione todo o texto da sua dedicatória, vamos formatar primeiramente a fonte. Com o texto selecionado, clique na guia página inicial do Word e configure a fonte como 12.

dedicatória nas normas ABNT

Passo 3: Defina a fonte como Arial.

dedicatória nas normas ABNT

Passo 4: Vamos agora configurar o alinhamento, recuo e espaçamento entre linhas do parágrafo, para que o mesmo fique no formato de dedicatória ABNT

Passo 5: Com o texto da sua dedicatória selecionado, clique na guia página inicial, em seguida, clique em Parágrafos.

dedicatória nas normas ABNT

Passo 6: Na próxima tela, configure o Alinhamento como justificada.

Passo 7: Defina o recuo esquerdo com 8 cm.

Passo 8: Ufa, está acabando! Vamos configurar o espalhamento entre linhas, coloque escolha a opção 1,5 linhas.

Pronto! Agora é só clicar em OK e sua dedicatória nas normas ABNT está configurada corretamente. Agora é só alegria, até a próxima dica de ABNT do nosso blog.

Como criar gráfico de barras no Excel

Um gráfico de barras no Excel é utilizado para fazer comparações, é um dos gráficos mais utilizados no Excel. Os gráficos são muito importantes para a representação e análise de dados, é um recurso amplamente utilizado em todo o tipo de planilhas. Existem diversos tipos de Gráficos no Excel, Gráficos de Barras, de Colunas, Pizza, linha e uma série de outros tipos de gráficos que ajudarão na análise e representação de dados.

Os gráficos de colunas e Pizza são similares ao gráfico de Barras, são muito utilizados para comparar valores, porém com o gráfico de barras fica mais fácil representar essas informações. Imagina que você possui uma tabela com os valores de venda do trimestre e você precisa representar o crescimento ou queda das vendas ao longo período, você precisará criar um gráfico e uma boa opção é o gráfico de barras do Excel.

Veremos nos passos aseguir essa situação e demonstrarei de forma bem objetiva como criar o gráfico.

Como criar um gráfico de barras no Excel

Passo 1: Para criarmos um gráfico no Excel vamos utilizar o exemplo que foi citado acima e que está representado na planilha abaixo. Digite a planilha no seu Excel, confirme exemplo abaixo:

gráfico de barras

Passo 2: Selecione os dados que deseja gerar o gráfico.

gráfico de barras

Passo 3: Com os dados selecionados, clique na Guia Inserir, em seguida, clique em Barras. Escolha um modelo de gráfico e clique.

gráfico de barras

Passo 4: Seu gráfico será criado.

gráfico de barras

Passo 5: Agora você pode formatar e ajustar opções do seu gráfico. Ao criar o gráfico serão habilitadas duas novas guias, que são a Design e Formatar, nestas guias você podem editar opções Área de plotagem, Eixo, Legenda, Título, grades, o tipo de gráfico além do Design, como cores, cor da fonte, tipo de fonte, plano de fundo, efeitos entre outras opções.

gráfico de barras

Agora você consegue criar gráficos de barra no Excel com tranquilidade, otimizando as suas planilhas, o procedimento é o mesmo para a criação de outros tipos de gráficos, lembrando que dependendo do seu objetivo, você terá que trabalhar com vários tipos de gráficos diferentes.

 

Como congelar linhas no Excel facilmente

Congelar linhas no Excel facilita a visualização dos dados em uma planilha, principalmente quando a planilha possui uma grande quantidade de dados e poder que o usuário fique um pouco perdido ao rolar esses dados e não saber mais ao que se refere aquele dado. Criar planilha é muito mais que inserir fórmulas e cálculos, existem pontos importantes que devem ser sempre observados, como por exemplo a segurança e principalmente a navegação e visualização dos dados, pois uma das principais funções do Excel é a análise de dados, então existem recursos que otimizam esses quesitos.

Para congelar linhas no Excel, vamos utilizar o recurso Congelar Painéis. O recurso fixa uma linha ou coluna e permite que essa linha ou coluna acompanhe a rolagem da planilha, permitindo que o usuário, fazendo assim que o usuário sempre saiba que dado é aquele que está vendo através do campo.

Como congelar linhas no Excel

Passo 1: Abra a sua planilha do Excel, selecione o intervalo que deseja congelar, geralmente utilizamos o cabeçalho da planilha.

congelar linhas no Excel

Passo 2: O procedimento agora é bastante simples, clique guia exibição, clique no botão Congelar painéis e em seguida, clique novamente em Congelar painéis.

congelar linhas no Excel

Passo 3: agora role a planilha e veja que a parte superior, um bloco está congelado, fixo

Passo 4: Para remover, basta voltar na guia Exibição, clicar em Congelar Painéis novamente e depois clicar em Descongelar Paineis.

congelar linhas no Excel

Passo 5: Você pode também congelar apenas a linha superior, assim a página rola normalmente e apenas alina superior fica fixa e não um bloco. Para isso, acesse a guia Exibição, clique em Congelar Painéis.

Passo 6: Clique em Congelar Linha Superior e veja que apenas a primeira da sua planilha ficou congelada, fixa.

congelar linhas no Excel

Passo 7: Para remover basta voltar em congelar painéis na guia Exibição e clicar em Descongelar Paineis.

congelar linhas no Excel

Assim fica muito mais fácil visualizar os dados em uma planilha com um volume grande dados através do recurso Congelar Painéis.

lista suspensa no Excel

Como criar lista suspensa no Excel

Criar lista suspensa no Excel permite uma melhor visualização e inserção de dados em sua planilha, pois padroniza os dados que serão inseridos em sua planilha, que geralmente é um grande problema, pois cada pessoa pode colocar o mesmo dado escrevendo-o de várias maneiras, sendo assim, quando você gerar um relatório por exemplo, ou simplesmente dseja fazer uma consulta através de uma procv ou de qualquer outra forma de pesquisa, você não terá dados confiáveis e ficará realmente difícil analisar os dados corretamente.

Através de uma lista suspensa no Excel, você ter à uma lista predefinida, onde os usuários terão que selecionar uma opção definida por você, sendo assim, não terão como digitar nenhum dado, mantendo assim a confiabilidade dos dados, padronizando a inserção das informações em sua planilha.

Para inserirmos uma lista suspensa, vamos utilizar intervalos nomeados e o recurso de validação. Veja nos passos a seguir como criar essa lista.

Como criar uma lista suspensa no Excel

Neste exemplo vamos utilizar o Excel 2016, mas o procedimento é o mesmo para o Excek2013, 2010 e 2007, vamos criar uma lista planilha relacionada uma pesquisa de votos, vamos criar uma lista padrão com o nome dos candidatos.

Passo 1: O primeiro passo é inserir a lista que deseja em uma coluna separada.


Passo 2: Agora vamos nomear a lista para que facilite ao acesso da mesma na criação da lista suspensa, sendo assim, não precisaremos ficar verificando em qual intervalo estão nossos dados. Selecione a sua lista, na caixa de nome defina um nome para a sua lista e pressione ENTER na sequência.

lista suspensa no Excel

Passo 3: Agora vamos criar a nossa planilha de pesquisa, no exemplo a seguir quero inserir o candidato respondido pelo entrevistado, pela lista suspensa e não digitar. Então vamos lá, selecione o intervalo que exibirá a lista suspensa.

lista suspensa no Excel

Passo 4: Vamos agora criar lista suspensa, clique na guia Dados, clique em Validação de dados.

lista suspensa no Excel

Passo 5: Em permitir escolha a opção Lista.

lista suspensa no Excel

Passo 6: Em fonte vamos colocar a lista que nomeamos anteriormente, então coloque na caixa fonte: =candidatos

lista suspensa no Excel

Passo 7: Sua lista suspensa já está criada, você pode agora apenas criar uma mensagem de erro, caso um usuário tente inserir algo que não está na lista. Clique na aba Alerta de erro, em seguida configure a sua mensagem de erro.

lista suspensa no Excel

Passo 8: Clique em Ok e veja a sua lista.

lista suspensa no Excel

Espero que tenham gostado e que eu possa realmente ajudado.

Não deixe de inscrever-se em nossa Newsletter e fique ligado em nossas dicas.

atalhos do Excel para concursos

Conheça os principais atalhos do Excel para concursos

Dominar atalhos do Excel  é fundamental para quem vai prestar concursos. O Excel é um dos conteúdos mais exigidos pois é utilizado em larga escala em ambientes corporativos e governamentais, é o software de planilhas mais utilizado no mundo, então se você almeja passar em algum concurso e este exige conhecimento em informática, tenha certeza que lá estará o Excel e não adianta fugir meu amigo, você tem que conhecer pelo menos o básico de utilização do software, como fórmulas, funções, ferramentas e atalhos, muitos atalhos rs, então fique ligado nessa dica onde vamos listar os principais atalhos do Excel e que são mais cobrados em Concursos Públicos.

Conheça os principais atalhos do Excel para Concursos

CTRL+ Menos (-) — Mostra a caixa de diálogo Excluir para remover as células selecionadas.

CTRL+1 — Exibe a caixa de diálogo Formatar Células.

CTRL+2 — Aplica ou remove formatação em negrito.

CTRL+3 — Aplica ou remove formatação em itálico.

CTRL+4 — Aplica ou remove sublinhado.

CTRL+5 — Aplica ou remove tachado.

CTRL+6 — Alterna entre ocultar objetos, exibir objetos e exibir espaços reservados para objetos.

CTRL+8 — Exibe ou oculta os símbolos de estrutura de tópicos.

CTRL+9 — Oculta as linhas selecionadas.

CTRL+0 — Oculta as colunas selecionadas.

CTRL+A — Abre a tela para que você abrir um arquivo existente sem seu computador.

CTRL+SHIFT+A — Insere os nomes e os parênteses do argumento quando o ponto de inserção está à direita de um nome de função em uma fórmula.

CTRL+N — Aplica ou remove formatação em negrito.

CTRL+C — Copia células selecionadas.

CTRL+D — Usa o comando Preencher Abaixo para copiar o conteúdo e o formato da célula mais acima de um intervalo selecionado nas células abaixo.

CTRL+F — Exibe a caixa de diálogo Localizar e Substituir com a guia Localizar selecionada.

SHIFT+F5 — Também exibe essa guia, enquanto SHIFT+F4 repete a última ação de Localizar.

CTRL+SHIFT+F — Abre a caixa de diálogo Formatar Células com a guia Fonte selecionada.

CTRL+G — Exibe a caixa de diálogo Ir para. (F5 também exibe essa caixa de diálogo.)

CTRL+H — Exibe a caixa de diálogo Localizar e Substituir com a guia Substituir selecionada.

CTRL+I — Aplica ou remove formatação em itálico.

CTRL+K — Exibe a caixa de diálogo Inserir Hiperlink para novos hiperlinks ou a caixa de diálogo Editar Hiperlink para os hiperlinks existentes que estão selecionados.

CTRL+N — Cria uma nova pasta de trabalho em branco

CTRL+O — Cria um novo arquivo em branco do Excel

CTRL+SHIFT+O — Seleciona todas as células que contêm comentários.

CTRL+P — Exibe a caixa de diálogo de imprimir.

CTRL+SHIFT+P — Abre a caixa de diálogo Formatar Células com a guia Fonte selecionada.

CTRL+R — Usa o comando Preencher à Direita para copiar o conteúdo e o formato da célula mais à esquerda de um intervalo selecionado nas células à direita.

CTRL+B — Salva o arquivo ativo com seu nome de arquivo, local e formato atual.

CTRL+T — Exibe a caixa de diálogo Criar Tabela.

CTRL+S — Aplica ou remove sublinhado.

CTRL+SHIFT+S — Alterna entre a expansão e a redução da barra de fórmulas.

CTRL+V — Insere o conteúdo da Área de Transferência no ponto de inserção e substitui qualquer seleção. Disponível somente depois de ter recortado ou copiado um objeto, texto ou conteúdo de célula.

CTRL+ALT+V — Exibe a caixa de diálogo Colar Especial, disponível somente depois que você recortar ou copiar um objeto, textos ou conteúdo de célula em uma planilha ou em outro programa.

CTRL+W — Fecha a janela da pasta de trabalho selecionada.

CTRL+X — Recorta as células selecionadas.

CTRL+Y — Repete o último comando ou ação, se possível.

CTRL+Z— Usa o comando Desfazer para reverter o último comando ou excluir a última entrada digitada.

CTRL+SHIFT+Z — Usa o comando Desfazer ou Refazer para reverter ou restaurar a correção automática quando Marcas Inteligentes de AutoCorreção são exibidas.

CTRL+SHIFT+( — Exibe novamente as linhas ocultas dentro da seleção.

CTRL+SHIFT+) — Exibe novamente as colunas ocultas dentro da seleção.

CTRL+SHIFT+& — Aplica o contorno às células selecionadas.

CTRL+SHIFT+_ — Remove o contorno das células selecionadas.

CTRL+SHIFT+~ — Aplica o formato de número Geral.

CTRL+SHIFT+$ — Aplica o formato Moeda com duas casas decimais (números negativos entre parênteses)

CTRL+SHIFT+% — Aplica o formato Porcentagem sem casas decimais.

CTRL+SHIFT+^ — Aplica o formato de número Exponencial com duas casas decimais.

CTRL+SHIFT+# — Aplica o formato Data com dia, mês e ano.

CTRL+SHIFT+@ — Aplica o formato Hora com a hora e os minutos, AM ou PM.

CTRL+SHIFT+! — Aplica o formato Número com duas casas decimais, separador de milhar e sinal de menos (-) para valores negativos.

CTRL+SHIFT+* — Seleciona a região atual em torno da célula ativa (a área de dados circunscrita por linhas e colunas vazias).

CTRL+SHIFT+: — Insere a hora atual.

CTRL+SHIFT+” –Copia o valor da célula que está acima da célula ativa para a célula ou a barra de fórmulas.

CTRL+SHIFT+Mais (+) — Exibe a caixa de diálogo Inserir para inserir células em branco.

Com esses atalhos do Excel fica mais fácil realizar seus Concursos!!!

Excel para Concursos: 6 Funções do Excel que você deve saber

Excel para concursos, é para algumas pessoas uma grande dor de cabeça, pois geralmente se preocupam mais com a parte técnica exigida pelo concurso, os assuntos relacionados a profissão que almejam, mas hoje é difícil encontrar alguma área do mercado de trabalho onde não seja necessário o mínimo de conhecimentos em Informática. O Excel é exigido na grande maior dos concursos, pois junto com o Word é o programa mais utilizado, em ambientes corporativos, governamentais, por isso conhecimento nessa ferramenta é fundamental, O Excel possui uma gama de ferramentas e funções para as mais diversas funcionalidades, objetivos e mercados diferentes, mas existem aquelas básicas que são cobradas, vamos listar 5 funções do Excel para concursos importantes que você precisa conhecer.

As funções Soma, Média, Máximo, Mínimo e Se e Procv, são funções que para alguns são rotineiras e até básicas, mas que são muito importantes para quem prestará algum concurso que exige conhecimento em informática.

Mas chega de falar, você já entendeu a importância do Excel para concurso, então vamos entender e botão a mão na massa.

Excel para Concursos: 6 Funções do Excel que você deve saber

FUNÇÃO SOMA

A Soma é uma função básica e é bem fácil de ser aplicada, a função permite você somar um intervalo com mais facilidade, permitindo que faça Variações. No exemplo a seguir preciso somar as vendas do mês de Janeiro, então para isso utilizei a função =Soma(B2:B4), o : é utilizado para definir um intervalo, ou seja, estou dizendo para o Excel que ele deve somar da célula até B4.

Excel para Concursos

Vejamos outro exemplo, vou substituir o dois pontos por ; ponto e vírgula, =Soma(B2;B4), dessa maneira estou dizendo que desejo somar as células B2 e B4, descartando assim a B3, pois não estou pegando o intervalo e sim a B2 e B4, repare que apenas as células B2 e B4 ficaram selecionadas na planilha.

Excel para Concursos

Outra maneira seria realizar uma fórmula básica, parecido com uma calculadora, onde vou somar as células sem uma função. Veja a fórmula: =B2+B3+B4

Excel para Concursos

FUNÇÃO MÉDIA

A função Média facilita e muito o cálculo de médias, pois dispensa ter que somar os números e depois dividir, a função já faz isso. A sua aplicação bem simples assim como, a Soma, basta digitar selecionar o intervalo que deseja aplicar a média.

No Exemplo abaixo descobrir das vendas do mês de Janeiro para isso utilizarei a fórmula = Média(B2:B4), sendo assim, estou dizendo ao Excel que quero a média da célula b2 até b4, visto que utilizamos o dois pontos.

Excel para Concursos

Se eu desejo tirar a média do mês de janeiro apenas do João e Carlos, preciso então substituir os dois pontos por ponto e vírgula, veja a fórmula: =Média(B2;B4) e assim o Excel não pega todo o intervalo.

Excel para Concursos

FUNÇÃO MÁXIMO

A função descobre em um intervalo selecionado com é o maior valor, é bem simples de ser aplicada, assim como nos exemplos anteriores, vamos descobrir qual foi a maior venda do mês de Janeiro, para isso utilizarei a fórmula: = Máximo(B2:B4)

Excel para Concursos

Caso queira descobrir o valor entre células intercaladas, utilize o ponto vírgula assim como foi feito nos exemplos anteriores.

Excel para Concursos

FUNÇÃO MÍNIMO

A função Mínimo é o oposto da Máximo, ela retorna o menor valor em um intervalo.

No Exemplo abaixo eu informei ao Excel que desejo descobri no intervalo de B2 até B4 qual é o menor valor, ou seja, a menor venda. Utilizei a fórmula: =Mínimo(B2:B4)

Excel para Concursos

Caso queira descobrir o menor entre células intercalar coloque ponto e vírgula no lugar de dois pontos.

Excel para Concursos

FUNÇÃO SE

A função se é uma das funções mais importantes do Excel pois através dela temos inúmeras possibilidades de criação, de controle e análise de dados e conhece-la é fundamental para qualquer usuário que utilizará o Excel. A função se é condicional, e nos permite obter resultados através de inúmeras condições combinadas

Para entender esta função indicarei três dicas de nosso blog, que aborda muito bem a função Excel em suas diversas formas, desde a simples até a função Se composta com diversas condições e aninhada com as função E e OU.

Função Se Parte 1:

Função Se Parte 2:

Função Se Parte 3:

FUNÇÃO PROCV

A função PROCV é uma função de pesquisa do Excel e que é muito utilizada para planilhas de diversos seguimentos. A Procv faz uma pesquisa no formato vertical, a informação buscada é obtida através de colunas, onde é necessário um argumento, um critério para que a informação seja retornada, por exemplo quero pesquisar um nome de cliente, para isso utilizarei o seu CPF como argumento (critério)

Veja na dica do nosso blog como utilizar a função Procv.

Entendendo a função Procv:

Então fica essa dica dessas importantes funções do Excel para concursos, espero que tenha ajudado você em seus estudos e estaremos preparando novas dicas relacionadas ao assunto não deixe de assinar nossa Newsletter para receber nossas dicas, fique ligado!

Bons estudos a todos e até a próxima dica!

Como bloquear células no Excel

Bloquear células no Excel é muito importante para a segurança da sua planilha, você evita que outros usuários apaguem fórmulas e recursos que você tenha implementado, impede que detalhes de cálculos sejam vistos, você garante que apenas o que você deseja seja alterado na planilha. Esse recurso se faz necessário principalmente em ambientes empresariais, onde o uso de planilhas do Excel é constante e na grande maioria das vezes essas planilhas são compartilhadas entre vários outros usuários.

O Excel permite que você bloqueie todas as células da planilha ou apenas células específicas, é nessa situação que vamos focar nesta dica, essa dúvida é muito pertinente, pois como citamos anteriormente, as planilhas geralmente são utilizadas por vários usuários, que geralmente apenas lançam dados nas planilhas, devido a isso, bloquear todas as células não é a melhor opção, o ideal é você bloquear a sua planilha, mas manter células desbloqueadas.

Nos passos a seguir demonstrarei o procedimento para bloquear células no Excel.

Como bloquear células no Excel

Passo 1: Abra a planilha que deseja bloquear, selecione todas as células pressionando CTRL + T.

Bloquear células no Excel

Passo 2: Clique com o botão direito do mouse em qualquer célula selecionada, clique em Formatar células.

Bloquear células no Excel

Passo 3: Na próxima tela, clique na aba Proteção, desmarque a opção bloqueadas.

Bloquear células no Excel

Passo 4: Agora você selecionará apenas as células que deseja que fiquem bloqueadas. O Procedimento será o mesmo, clique com o botão direito do mouse sobre as células selecionadas e clique em Formatar Células.

Bloquear células no Excel

Passo 5: Agora marque a opção Bloqueadas e depois clique em OK.

 

Bloquear células no Excel

Passo 6: As células ainda não estão bloqueadas, você precisará proteger a planilha para que as células selecionadas fiquem bloqueadas.

Passo 7: Clique na guia Revisão, clique em Proteger Planilha.

Bloquear células no Excel

Passo 8: É necessário criar uma senha de desbloqueio, então digite a senha de sua preferência, clique em ok, confirme a senha.

Bloquear células no Excel

Bloquear células no Excel

Pronto agora a sai planilha está protegida, faça o teste, tente digitar algo nas células que selecionou como bloqueadas e verá que não conseguirá, e no restante das células conseguirá digitar normalmente.

Agora suas planilhas ficaram mais seguras.

 

 

 

 

Como imprimir em rascunho no Word facilmente

Imprimir em Rascunho no Word, ajuda muito na economia de seus cartuchos. O modo rascunho é uma opção disponível na grade maioria das impressoras, essa opção é voltada para os usuários preferem economia em vez de qualidade, habilitando essa opção na hora impressão , você imprimirá seus documentos apenas em preto e branco, se você precisa imprimir algo colorido, descarte essa opção. O modo rascunho é bastante útil para documentos simples, currículos entre outros tipos documentos que não demandam qualidade gráfica, como fotos, formas e gráficos.

Essa configuração pode ser feita no momento da impressão, mas alguns usuários ficam um pouco perdido para definir essa opção, principalmente dependendo do modelo da impressora, porém você pode configurar o seu Word para imprimir sempre em Rascunho, assim você não precisa se preocupar se colocou ou não no modo de impressão em Rascunho

Veremos nos passos a passo como realizar o procedimento de maneira prática e rápida. Vamos lá?

Como imprimir em rascunho no Word

Passo 1: O primeiro passo é abrir o documento que deseja imprimir em rascunho no Word. Na janela do programa voc~e possui na parte superior esquerda a guia Arquivo, clique nela.

Passo 2: Após clicar na guia Arquivo, você encontrará o botão Opções localizado na parte inferior da guia.

imprimir em rascunho

Passo 3: Em opções você, você precisará acessar a categoria Avançado, nesta Tela encontraremos diversas opções que podem ser mudadas, encontramos opções relativas ao modo de exibição, área de transferência, conteúdo, salvamento do arquivo e muitas outras opções interessantes, mas o que precisamos alterar é a opção Imprimir.

Passo 4: Estando em Avançado, role a tela até encontrar a categoria Imprimir, nesta categoria você encontrará a opção “Usar Qualidade de Rascunho“, marque essa opção e clique em OK.

imprimir em rascunho

Agora o seu Word está preparado para imprimir em Modo rascunho automaticamente, os seus cartuchos e seus bolsos agradecem e muito! É fácil ou não? Fala a verdade rs.

 

 

Como Inserir notas de rodapé no TCC

Inserir notas de rodapé no TCC é a dúvida de muitos estudantes, trabalhos acadêmicos devem seguir as normas ABNT, onde inúmeras regras definem como um trabalho de monografia, TCC, artigo cientifico devem ser formatados, as Notas de rodapé aparecem ao final da folha. AS notas de rodapé não devem interferir na estrutura do contexto por isso devem aparecer no final do Texto é usada apenas para comentários, esclarecimento, ou explanações que não podem ser incluídas no texto.

O Word oferece opções de inserção e configuração das notas de rodapé bem intuitivas de serem aplicadas por usuários avançados e básicos. A numeração é feita de forma automática para você. É possível utilizar usar um formato de numeração em todo o documento, ou pode diferentes formatos de acordo com a área do documento. Veremos nos passos a seguir como aplicar o recurso em seus trabalhos acadêmicos.

Veja também como formatar parágrafos nas normas ABNT

Inserindo Notas de rodapé no TCC.

Passo 1: Abra o documento no Word e clique do lado direito da palavra que deseja referenciar em sua nota de rodapé.

 

notas de rodapé no TCC

Passo 2: Agora você precisará acessar a guia Referências no seu Microsoft Word e clicar na opção Inserir Nota de Rodapé.

notas de rodapé no TCC

Passo 3: A sua nota de rodapé será inserida no final da página, agora você precisa apenas colocar a descrição sobre a nota.

notas de rodapé no TCC

Passo 4: Repare que apareceu o número na palavra Word e que no rodapé a sua nota possui a mesma numeração. Passando o Mouse sobre o número localizado na palavra, você tem uma prévia do que está escrito na nota de rodapé.

 

 

notas de rodapé no TCC

Passo 5: dependendo do tipo de trabalho que está fazendo e com as regras de cada faculdade essa numeração precisa mudar, nas normas ABNT por exemplo quando você, colocar uma nota de rodapé referenciando um autor, você deve adicionar o “*”, por exemplo, vou referenciar um autor, então colo um *, o segundo auto deve ser referenciado com ** e assim por diante.

Passo 6: Para alterar essa opção, na guia Referências, clique em Notas de Rodapé e Notas de Fim.

notas de rodapé no TCC

Passo 7: Na próxima tela, clique em Símbolo e depois clique em *.

notas de rodapé no TCC

notas de rodapé no TCC

Passo 8: Clique em Inserir. A nota de rodapé será inserida.

notas de rodapé no TCC

Agora ficou mais fácil inserir notas de rodapé no TCC, Monografia ou Artigo.

Como Numerar páginas do TCC a partir da introdução

Numerar páginas do TCC a partir da introdução nas normas ABNT é algo que desespera muitas estudantes, muito se deve pela falta de conhecimento no Word. Em um trabalho acadêmico, as primeiras páginas não devem ser numeradas e isso se torna uma grande dor de cabeça, pois você não encontra muito fácil como resolver esse problema dentro do próprio, Word. Alguns usuários tentam utilizar Gambiarras rs, para tentar resolver a questão, mas a verdade é que existe um recurso próprio para isso e que em poucos passos você consegue numerar as páginas do seu TCC sem grande dificuldade, o recurso se chama, Quebra de Seção.

O recurso consiste em dividir o seu documento em dois, ou seja, em duas seções, os documentos ficam desvinculados, então a numeração de páginas que está em uma seção não interfere na outra seção, então assim fica bem fácil.

Veja nos passos a seguir como numerar páginas a partir da Introdução

Veja também: Como formatar parágrafos nas normas ABNT

Como Numerar páginas do TCC a partir da introdução

Passo 1: Abra o seu trabalho do TCC no Word, clique na sua página de introdução. Nessa página vamos realizar a quebra, a separação entre os documentos, o que tiver antes da introdução, incluindo ela, é um documento e o que tiver depois dela será outro documento.

Numerar páginas do TCC a partir da introdução

Passo 2: Clique na guia Layout da página ou Layout no caso do Word 2016, clique em Quebras e em seguida, clique em P´roxima página, veja na imagem a seguir o procedimento.

Numerar páginas do TCC a partir da introdução

Passo 3: Agora voc~e precisar á desvincular o cabeçalho e rodapé na parte de desenvolvimento em relação a Introdução. Clique na guia Inserir, depois Cabeçalho. Clique em Editar Cabeçalho.

Numerar páginas do TCC a partir da introdução

Passo 4: Será habiltadopara você a guia Design, o curso deve estar selecionado no cabeçalho da página de Desenvolvimento, desmarque a opção Vincular ao anterior. Desmarcando essa opção você está desvinculando o cabeçalho do desenvolvimento em relação a introdução, sendo assim, a numeração de página ou qualquer outra coisa que estiver no cabeçalho do desenvolvimento não aparecerá na Introdução.

Numerar páginas do TCC a partir da introdução

 

Passo 5: Você dever fazer o mesmo no rodapé, então clique no rodapé da página de Desenvolvimento, na guia Design, desmarque a opção vincular ao anterior.

Numerar páginas do TCC a partir da introdução

Passo 6: Pronto, agora você numerar as páginas sem problema, clique na Inserir, em seguida, clique em Número de página. Escolha o formato da numeração de página que deseja.

Numerar páginas do TCC a partir da introdução

Agora ficou muito mais fácil numerar páginas do TCC ou monografia.

Page 1 of 44

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén